Subscrevendo uma conta no Windows Azure


Olá pessoal!

Várias pessoas me procuram para tirar algumas dúvidas referentes ao Windows Azure, e para isso resolví criar uma série de posts tendo como base o feedback deste pessoal.

Uma das perguntas ainda mais frequentes é o como se cadastrar e efetivar uma subscription sem ter custo.

Portanto vamos ao nosso passo-a-passo onde estarei comentando sobre o tipo de conta que estaremos subscrevendo, o como subscrevê-la e alguns cuidados muito importantes que precisamos ter para não gerarmos custos sem necessidade.

Que  conta utilizaremos e o que teremos acesso?
O tipo de conta que estaremos utilizando para efetivar nossa subscription sem termos custo al,gum é a “Introductory Special”.

Esta conta nos permite ter acesso ao Windows Azure, SQL Azure e AppFabric sem custo algum até o limite estipulado abaixo (ver coluna da esquerda)

intro

 

Passo a passo para subscrição!
1 – O primeiro passo é acessarmos o site http://www.microsoft.com/windowsazure/ e clicar no link “ACCOUNT”1

2 – Leia atentamente as instruções e cliquem em “GET YOUR ACCOUNT”
2

 3 – Nesta tela serão apresentados os diversos tipos de subscriptions, a que estaremos subscrevendo é a “INTRODUCTORY SPECIAL”, clique no quadro.
 3

4 – Será necessário acessar com um LiveID válido de onde alguns dados já serão extraídos;
4

5 – A partir de agora em apenas 3 passos estaremos com nosso acesso liberado à nuvem! Aqui basta escolher um nome para sua subscription e clicar em Next.
a

6 – Neste segundo passo basta preencher os dados e clicar em Next
b

 7 – Neste último passo basta ler com muita atenção o contrato de assinatura, clicar na check box logo abaixo e clicar em Purchase.
c

 8 – Pronto! Em menos de 10 minutos o seu acesso à Plataforma de Serviços Windows Azure está liberado, agora é só produzir. Alegre
d

Dica
Como comentado no início do post este tipo de conta, mesmo tendo que utilizarmos um cartão de crédito para cadastrá-la ele é “free”, desde que obedeçamos os limites especificados nais acima no primeiro quadro.

A maior dica que posso compartilhar com vocês é que após desenvolver sua aplicação e testá-la localmente, publique-a no Windows Azure, faça todos os testes necessários em produção e logo em seguida retire toda a sua aplicação, bancos e serviços existentes. Tomando esse pequeno cuidado você evita que faturas indesejadas são geradas.

A pouco tempo no twitter da comunidade @AzureServicesBR eu disponibilizei um link de uma aplicação que monitorar a nossa conta e nos avisa se temos algum projeto ativo vinculado à nossa conta

Grande abraço e sucesso a todos!

Lucas A. Romão – Oxygen Group
MSN: laromao@oxygenhost.com.br |
Coordenador do programa
Microsoft Students to Business [S2B] – Piracicaba/SP
Blog:
http://laromao.spaces.live.com | Twitter: @LucasRomao
Líder da Comunidade Azure Services Brasil | Twitter: @AzureServicesBR
clip_image001

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: